terça-feira, 11 de maio de 2010

REVISITANDO AS AULAS DO 3º ANO 2010 - SEMANA DE 03/05 A O6/05

O MÊS de maio Iniciou Não COM CORREÇÃO assim Como Evento avaliativo, Mas Também com Apresentações de Uma Viagem Pela Literatura Brasileira. Tivemos reportagem Desde Acerca da Importância da literatura de NA Convidados Qual SO do grupo de Leonardo, Paulo, Eduardo, Marcelo, Marcos e Ruan Charlles abordaram esse aspecto e ainda, o Melhor, Como o Texto literário se presentifica Vida nd, não cotidiano .. .

Renata, Laura, Salles, Lúcia Gabriela, Letícia e Marco Antônio optaram (ótima ESCOLHA) apresentar o trabalho, UM tendão voz do grupo Ao fundo Dados alencando Acerca da travessia da literatura brasileira e enriquecendo com exemplares da categoria de Drummond.



O grupo de Natália Cappi, base com softwares antigos mestre Moises Massud, fez Uma retrospectiva da literatura no Brasil (Foi ótimo Acompanhar Uma Exposição de Cappi Que TeVe Oportunidade expor Também De uma poesia própria).



Gabriela de Siqueira e deixaram Uma marca Companhia do COM UM UM grupo Trabalho Dinâmico Que Vale a Pena Assistir.



Leo, Jessicas, Marina, Carol fizeram UM sisudo Trabalho, Mas Como Fazer com consistência grupo de Ariane. Na mesma linha, o de Isamara Toda e trupe.



(Ah !!!!!!! OS ALGUNS devendo Estão os Grupos: Não se organizaram e, o fizeram Pior Não,).



A QUEM INTERESSAR Recado: Assista AOS VÍDEOS DO SITE DELES E comente ACERCA. SEI QUE VAO APRECIAR ...



A poesia declamada de Elisa Lucinda



Entrevista com Affonso Romano de Sant'Anna



A poesia de Gastão Cruz crucial



Ruy Espinheira Filho


CLARICE LISPECTOR É NOSSO CENTRO DE ATENÇÃO POR HORA ....

Assista A escritora ÚLTIMA DA ENTREVISTA









 TRILLER DE A HORA DA ESTRELA

8 comentários:

Paulo Victor disse...

Realmente as apresentações sobre a História da Literatura Brasileira foram muito boas, todos os grupos que apresentaram, buscaram mostrar à quem estava assinstindo o máximo possível de conhecimento a respeito do assunto, cada grupo, de sua forma, fez um excelente trabalho, de acordo com suas possibilidades e metas a serem alcançadas.

No momento, a principal personagem de nossos debates em sala de aula é Clarice Lispector pude também ler o livro ''A hora da estrela'', que é o último romance de Clarice Lispector, o ponto final de uma carreira que, iniciada em 1944, com ''Perto do Coração Selvagem'', constituiu um dos momentos mais altos da literatura brasileira moderna. A autora, que em geral primou pela sondagem da psicologia profunda das personagens, neste livro nos apresenta um comovente drama em que, surpreendentemente, as molas da ação têm natureza e inspiração social.

A personagem feminina é descrita com grande lirismo e, sob seus traços nordestinos de mulher ingênua, delineia-se todo um contraponto bíblico. Quando Macabéa se vê prestes a realizar seu grande sonho de mulher, atravessando uma rua da metrópole -nada bíblica, encontra subitamente a morte na velocidade de um automóvel. O tom lírico da narrativa se tinge enfim de tragédia.

O estilo, ao contrário da maior parte dos livros anteriores da autora, é marcado por uma preocupação narrativa de caráter mais objetivo, situando a personagem em seus hábitos, seu espaço social, seu ideário romântico, ao se comparar o estilo deste livro com seus livros anteriores pode-se observar um contraste, objetivado propositalmente, ou não, por Clarice Lispector.

Paulo Victor nº 25 3º E.M. B

ruan disse...

Na ultima aula que tive com a senhora, demos inicio aos estudos de como criar um texto de Artigo de opinião, o qual vai ser fundamental na redação do ENEM, dando também vários exemplos de como identificar,criar e diferenciar artigo de opinião de artigo, existindo gêneros de voz de autoridade, senso comum e argumentos empíricos.Já na quinta feira devido ao fato ocorrido não tenho o que falar, pois não estava em sala de aula.
Com base nos vídeos, pude concluir que com tantas obras maravilhosas e por demonstrar um certo cansaço, estava mais do que na hora de descansar, certamente cumpriu sua missão.
O dizer de Lispector, a experiência de vida que ela havia conquistado suas dificuldades financeiras quando viera da Ucrânia para o Brasil, a sua história de vida fez com que abrisse as portas para um novo mundo; o desabafo com sigo mesma transformando para o papel com uma competência esplêndida, como podemos ver nos dizeres de Lispector.
Por não escrever por obrigação, mas sim por prazer, não tinha alguma responsabilidade com quem era do ramo.
Escrever quando esta com vontade e inspirada com base nos seus conhecimentos, fazia com que seus rascunhos saíssem do fundo da gaveta e passassem para as prateleiras das melhores livrarias, ao contrario de sua mãe que não divulgava suas obras que deveriam ser tão boas quando da filha.
Marcos Ruan dos Santos Souza 3º EMB

Natalia C. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natalia C. disse...

Todas as apresentações foram boas,cada qual tentando apresentar de melhor forma seus conhecimentos baseados em pesquisas que com todo o respeito,não foram nada pequenas!E nem um pouco fáceis de compreensão também!
Ultimamente temos abordado produção de textos em vestibulares nas aulas,o que é excelente,pois temos muito pouco tempo para aperfeiçoar os conhecimentos que recebemos anteriormente em séries passadas com uma seriedade e maturidade que adquirimos agora depois de "grandes"
Também estaremos preparando (não sei ainda para qual data de entrega) um trabalho com os mesmos recursos utilizados anteriormente sobre a Clarisse Lispector,autora que sempre teve seu espaço garantido nas aulas de Português com a Professora Piedade,que sempre deu ênfase a autora em suas aulas,com os estilos de escritas,entre outros aspectos,espero que possamos(alunos de um modo geral) absorver com competencia todo o "EU CLARISSE" e apresentar em sala com qualidade aos alunos assim como no trabalho anterior.

NATALIA CAPI nº 22 3ºEMB

Ariane disse...

Nas ultimas aulas temos dado enfase na literatura e seus diversos pontos especificos. Apresentamos também os trabalhos, que até hoje foi o mais dificil que fiz, pois não tinha muito conhecimento do assunto, porem foi o que eu mais aprendi executando, pois por não conhecer tive muita sede de aprender o desconhecido, mas ainda tenho a certeza de que poderia ter feito melhor.
Também estamos trabalhando com Clarice Lispector, grande escritora feminina que representou maravilhosamente a literatura. Pude observar em seus videos a paixão com que ela tinha em escrever, e que ela vivia um sonho, a vida inteira, por fazer o que ela mais desejava. Para ela não havia dificuldades ao escrever, ela expressava e soltava tudo de ruim que possa existir no seu coração nas palavras colocadas em seus livrros, ela aliviava seus medos e suas dificuldades.Porem tambem como o Ruan disse, observei nela um grande cansaço,tambem por causa da doença, mas ela conseguiu enfim seu descanço, pois uma mulher batalhadora e tão sensivel e ao mesmo tempo forte como ela, merecia.

Beijos Professora :D

Lela disse...

Nessa semana no dia 7/6 tivemos o simulado do ENEM. Na quinta feira corrigimos a parte de português da prova, e demos continuidade ao artigo de opinião dos alunos 3c com base no projeto " 3ºano se expressa" sobre o tema internet!!


Emanuela Borges 3c

leonardo disse...

Sem sombra de dúvida, Clarice Lispector é uma das maiores (senão a maior) figura feminina da Literatura Brasileira. em sua última entrevista, poucos dias de sua morte, vê-se uma Clarice acabada pelo câncer, uma Clarice que fuma sem parar, uma Clarice que encara o entrevistador com um ar que denota altivez. Enfim, ela mostra que mesmo doente, não quer deixar de viver, e ainda declara que só morrerá quando não puder mais escrever.

E escrever ela sabe muito bem, desde sua infância permaneceu com a mente focada na Literatura, criando fábulas até se tornar uma escritora inovadora, que explora aspectos nunca antes explorados por outros escritores brasileiros.

A presença do monólogo interior e do fluxo da consciência fazem de Clarice uma artista singular, que não retrata somente o que é visível ou superficial. Ela vai no âmago da personagem, explorando seus sentimentos, angústias, aflições, alegria, introspecção.

E de introspectivo os textos dela têm de sobra. E isso se reflete na propria Clarice, de poucas palavras, de frases diretas, sem rodeios, sem enrolação.

Enfim, mesmo indo embora, ela deixa pra nós tudo aquilo que a representa: suas obras. E suas obras atingirão, com profundidade e emoção, a todos aqueles que se aventuram entre as palavras de Clarice.

Leonardo 3ºEMC

junior disse...

Olá professora

Com base nos vídeos, entendo que,
Clarice Lispector é uma grande escritora que representa maravilhosamente a literatura brasileira moderna.
Pude compreender que Clarice Lispector amava o que fazia, pois não escrevia por uma forma de ganhar dinheiro, e sim por prazer.
Em suas obras, demonstrava de uma forma o que sentia, com uma narrativa de caráter mais objetiva.Na maioria de seus livros, empregava uma psicologia profunda das personagens.

Nome: José Luiz Nº17
Série: 3º EMC