quarta-feira, 15 de setembro de 2010

2º ANO A , B e C SABOREEM OS ROMANCES DO ROMANTISMO - REALISMO E NATURALISMO 3º BIMESTRE 2010

s classicos säo livros que, quanto mais pensamos conhecer, por ouvir dizer, quando lidos de fato, mais se revelam novos, inesperados, ineditos.(Italo Calvino)



PRIMEIRO É DOM CASMURRO







Minissérie Capitu e algumas citações de Dom Casmurro (http://www.lendo.org/minisserie-capitu-citacoes-dom-casmurro/)


"Quero compartilhar com vocês algumas das citações que me deixaram impressionado na época. Vou aproveitar e ilustrá-las com  imagens da minissérie da Globo, que inclusive usou algumas delas no roteiro."

Imagem  da minissérie da Globo - Capitu
Um coqueiro, vendo-me inquieto e advinhando a causa, murmurou de cima de si que não era feio que os meninos de quinze anos andassem nos cantos com as meninas de catorze; ao contrário, os adolescentes não tinham outro ofício, nem os cantos outra utilidade.
Capítulo XII
Conhecia as regras do escrever, sem suspeitar as do amar, tinha orgias do latim e era virgem de mulheres.
Capítulo XIV
Aos quinze anos, há até graça em ameaçar muito e não executar nada.
Capítulo XVI
Imagem  da minissérie da Globo - Capitu
Quantas intenções viciosas há assim que embarcam, a meio caminho, numa frase inocente e pura! Chega a fazer suspeitar que a mentira é tão involuntária como a transpiração.
Capítulo XLI
Se eu pudesse contar as lágrimas que chorei na véspera e na manhã, somaria mais que todas as vertidas desde Adão e Eva. Há nisto alguma exageração; mas é bom ser enfático, uma ou outra vez, para compensar este escrúpulo de exatidão que me aflige. Entretanto, se eu me ativer só à lembrança da sensação, não fico longe da verdade; aos quinze anos, tudo é infinito.
Capítulo L
O que o mandamento divino quer é que não juremos em vão pelo santo nome de Deus. Eu não ia mentir ao seminário, uma vez que levava um contrato feito no próprio cartório do céu. Quanto ao selo, Deus, como fez as mãos limpas, assim fez os lábios limpos, e a malícia está antes na tua cabeça perversa que na daquele casal de adolescentes…
Capítulo LI
Imagem da minissérie da Globo - Capitu
Perde-se a vida, ganha-se a batalha!
Capítulo LV
A alma da gente, como sabes, é uma casa assim disposta, não raro com janelas para todos os lados, muita luz e ar puro. Também as há fechadas e escuras, sem janelas ou com poucas e gradeadas, à semelhança de conventos e prisões. Outrossim, capelas e bazares, simples alpendres ou paços suntuosos.
Capítulo LVI
Nada se emenda bem nos livros confusos, mas tudo se pode meter nos livros omissos.
Capítulo LIX
Imagem da minissérie da Globo - Capitu
…um dos ofícios do homem é fechar e apertar muito os olhos a ver se continua pela noite velha o sonho truncado da noite moça.
Capítulo LXIV
A vida é cheia de obrigações que a gente cumpre, por mais vontade que tenha de as infringir deslavadamente.
Capítulo LXIV
Imagem da minissérie da Globo - Capitu
Ora, há só um modo de escrever a própria essência, é contá-la toda, o bem e o mal.
Capítulo LXVIII
O destino não é só dramaturgo, é também o seu próprio contra-regra, isto é, designa a entrada dos personagens em cena, dá-lhes as cartas e outros objetos, e executa dentro os sinais correspondentes ao diálogo, uma trovoada, um carro, um tiro.
Capítulo LXXIV
Imagem da minissérie da Globo - Capitu
A máxima é que a gente esquece devagar as boas ações que pratica, e verdadeiramente não as esquece nunca.
Capítulo CXXVII
A vida é tão bela que a mesma idéia da morte precisa de vir primeiro a ela, antes de se ver cumprida.
Capítulo CXXXIII
A alopatia é o catolicismo da medicina…
Capítulo CXLIII
Capitu foi uma grande contribuição e ao mesmo tempo uma grande homenagem à obra de Machado.




Tinha-me lembrado a definição que José Dias dera deles, “olhos de cigana oblíqua e dissimulada”. Eu não sabia o que era oblíqua, mas dissimulada sabia, e queria ver se se podiam chamar assim. Capitu deixou-se fitar e examinar. Só me perguntava o que era, se nunca os vira; eu nada achei extraordinário; a cor e a doçura eram minhas conhecidas. A demora da contemplação creio que lhe deu outra idéia do meu intento; imaginou que era um pretexto para mirá-los mais de perto, com os meus olhos longos, constantes, enfiados neles, e a isto atribuo que entrassem a ficar crescidos, crescidos e sombrios, com tal expressão que...



Retórica dos namorados, dá-me uma comparação exata e poética para dizer o que foram aqueles olhos de Capitu. Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá idéia daquela feição nova. Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca. (Machado de Assis, Dom Casmurro)

Bento Santiago se sente fortemente atraído por Capitu, mulher evasiva( ? ), como comprova o trecho: “Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro[...]”

CAPITU
De um lado vem você com seu jeitinho

Hábil hábil, hábil.. e pronto!

Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante

WWW ponto poderosa ponto com


É esse o seu modo de ser ambiguo

Sábio, sábio

E todo encanto, canto, canto

Raposa e sereia da terra e do mar

Na tela e no ar

Você é virtualmente amada amante

Você real é ainda mais tocante

Não há quem não se encante


Um método de agir que é tão astuto

Com jeitinho alcança tudo, tudo, tudo

É só se entregar, é só te seguir, é capitular


Capitu

A ressaca dos mares

A sereia do sul

Captando os olhares

Nosso totem tabu

A mulher em milhares

Capitu


De um lado vem você com seu jeitinho

Hábil hábil, hábil.. e pronto!

Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante

WWW ponto poderosa ponto com


É esse o seu modo de ser ambiguo

Sábio, sábio

E todo encanto, canto, canto

Raposa e sereia da terra e do mar

Na tela e no ar

Você é virtualmente amada amante

Você real é ainda mais tocante

Não há quem não se encante


No site o seu poder provoca o ócio, o ócio

Um passo para o vício, o vício, o vício

É só navegar, é só te seguir, e então naufragar


Capitu

A ressaca dos mares

A sereia do sul

Captando os olhares

Nosso totem tabu

A mulher em milhares

Capitu


De um lado você vem com seu jeitinho

Hábil, hábil, hábil... e pronto!

Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante

WWW ponto poderosa ponto com


É esse o seu modo de ser ambíguo

Sábio, sábio

E todo encanto, canto, canto

Raposa e sereia da terra e do mar

Na tela e no ar

Você é virtualmente amada amante

Você real é ainda mais tocante

Não há quem não se encante


No site o seu poder provoca o ócio, o ócio

Um passo para o vício, o vício, o vício

É só navegar, é só te seguir, e então naufragar


Capitu

A ressaca dos mares

A sereia do sul

Captando os olhares

Nosso totem tabu

A mulher em milhares


Capitu

Feminino com arte

A traição atraente

Um capitulo a parte

Quase vírus ardente

Imperando no site

Capitu


Capitu

A ressaca dos mares

A sereia do sul

Captando os olhares

Nosso totem tabu

A mulher em milhares

Capitu (Composição: Luiz Tatit)





QUESTIONAMENTOS SOBRE DOM CASMURRO  E MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
























































































54 comentários:

Gabriela disse...

Vim aqui cumprir a minha promessa de ser a primeira pessoa a postar em relação aos livros pedidos pela professora Piedade. Bom, como o assunto é Dom Casmurro vou falar sobre o livro.
Durante a leitura desse livro eu nunca tive certeza de nada, a única voz ali presente é a de Bentinho, é ele que conta os fatos, as falas e tudo o que envolve os personagens. O fato de ele amar Capitu desde criança e ter sáido do seminário para casar-se com ela não fez com que não houvesse desconfiança de traições de Capitu com Escobar, melhor amigo de Bentinho. E a partir dai, a vida dele passa a se tornar um caos, e ele começa a associar coisas e imaginar... contar... Mas, será que tudo o que ele diz é mesmo verdade?
Sei que poucas pessoas leram esse romance, mas quem ainda não leu, não se arrependerá de ler, nem Dom Casmurro e nem Memórias póstumas de Brás Cubas, outro romance de Machado de Assis que foi proposto pela professora.

Gabriela Carolina 2ºEMC

ESPAÇO DE LÍNGUA E LITERATURA disse...

GABRIELA, SEJA BEM-VINDA A ESSE ESPAÇO. GOSTARIA DE SABOREAR OS TEUS COMENTÁRIOS QUANTO AO CAPÍTULO "O VELHO DIÁLOGO DE ADÃO E EVA" AO QUAL SE REFERIU EM SALA DE AULA. AGUARDO.

- Tia Funny. e_ê disse...

Mariana Morena e Thatiane de Oliveira. 2º EM B.
Proposta, apresentar um capítulo dos livros "Dom Casmurro" e "Memórias Postumas de Bras Cubas", de Machado de Assis e justificar o porque da escolha da dupla.
Dom casmurro:
O capitulo que nós escolhemos é o XXXIII,"O penteado". EScolhemos este pois é nele que percebemos o primeiro contato "adolescente" entre duas "crianças" até então.É o compartilhar do amor que um sentira pelo outro que antes , não era tão certo, mas depois que Bentinho beija capitu depois de observar seus "olhos de cigana oblíqua e dissimulada" e de fazer suas tranças, sente ele realmente o amor que antes, ali brotava e agora jorrava.
Foi escolhido este, também pois é nele e no anterior "Olhos de ressaca" que há forte ponto de caracteristicas do romantismo.
..."É o que me da ideia daquela feição nova.Traziam não sei que fluído misterioso e energico , uma força que arrastava para dentro como a vaga que se retira da praia nos dias de ressaca"[...]Cap.XXII, ou seja , exagerando em qualidades ou defeitos do personagem.
Memorias Póstumas de Brás Cubas:
Nesta narrativa , escolhemos o capitulo CLX, "Das negativas" o ultimo do livro.
Selecionamos este pois o defunto , ou melhor o narrador expoe-nos que depois de tanto , fazer , fazer e fazer , nao fez nada em sua vida ,tudo ficara incompleto , e nada que fez , fez bem feito.
..."Não alcancei a celebridade do emplasto , não fui ministro, não fui governador, não conheci o casamento."[...]
Logo, este capítulo é forte para expressar o temperamento pessimista e realista do autor , e a conclusão que teve de sua vida.

gustavo disse...

oi galera!!!
tava vendo uns sites na internet e vi q no "winkpedia" á uma especie de sinopse do livro memóroas postumas de bras cubas, dá para ter um melhor intendimento já q lá fala de cada um doa personagens.
agora vou tentar reescreve o cap LV-"o vleho dialogo de adão e eva" do livro memórias póstumas de bras cubas.
LV- o velho dialogo de adão e eva

Bras cubas
- você foi lá hojé?

virgilia
-hoje não

bras cubas
-nossa virgilia eu não tinha falado pra vc ir

virgilia
-claro que não!

Bras cubas
-pensei que vocÊ tinha ido lá, agora nois tá "na roça"


Virgilia
-mas não era prara ir lá mes que vem?

bras cubas
-se fose eu não ia falar né

Virgilia
-nossa como você é ignorante

bras cubas
- eu tava lá no trabalho pensando que você foi lá! e agora se canselarem o contrato! já faz três dias de atraso sabia!

Virgilia
-mas não dá pra pagar pela internet?

bràs cubas
-é mesmo, vou pagar a conta de telefone antes que eles canselem!

Virgilia
-tá vendo, problema resolvido!

flw galera
abraços

NOME:luiz gustavo cardoso Nº21 serie 2emC

NOME:Caique nº02

M.Mariano' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M.Mariano' disse...

~Beatriz Stephanie nº02
~Matheus Mariano nº23

Falaê professora!
Então, nossa versão de "O Vleho Diálogo de Adão e Eva", o capítulo LV do livro "Memórias Póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis; é baseada na fala de Brás Cubas no próximo capítulo, "O Momento Oportuno"; no qual ele diz: "Correm anos, torno a vê-la, damos três ou quatro giros de valsa e eis-nos a amar um ao outro com delírio."

Vamos ao diálogo destes dois amantes:

BRÁS CUBAS.- Que fazes?
VIRGÍLIA.- Contemplo o céu ...
BRÁS CUBAS.- Eu da minha parte contemplo não o céu ...
VIRGÍLIA.- Brás, que atrevimento o seu!
BRÁS CUBAS.- Estou preso a sua beleza ...
VIRGÍLIA.- Qual, acha-me tão bela assim? Divorciamo-nos há um tempo e agora queres me conquistar ...
BRÁS CUBAS.- Ora, dá-me então somente uma valsa, apenas alguns passos
VIRGÍLIA.- Claro Brás, pelos velhos tempos ...
BRÁS CUBAS.- Ora Virgília, continuas a mesma dançarina! Pé de valsa! Me encantas seus movimentos e suas graças na hora de dançar!
VIRGÍLIA.- Ora, que queres de mim Brás?
BRÁS CUBAS.- Nada Virgília, apenas o calor de uma última valsa contigo!
VIRGÍLIA.- Pois então dançemos enquanto a noite durar!

PS: Eu e Beatriz logo enviaremos nossa escolha dos capítulos dos livros "Memórias Póstumas de Brás Cubas" e "Dom Casmurro". e um último comentário: Rimos demais do diálogo que dr. Caique e seu amigo fizeram ai em cima, rs.

rodolfo disse...

Capítulo LV
O velho diálogo de Adão e Eva

Brás Cubas Oi, tudo bom?
Vigília Tudo.
Brás Cubas Quanto tempo que não a vejo. Senti saudades e vim lhe ver.
Vigília Eu também senti saudades!
Brás Cubas Lembrei-me da nossa juventude.
Vigília Você se lembra de quando nos encontramos pela última vez na praça? Foi o dia mais feliz que eu tive em toda minha vida.
Brás Cubas Queria voltar e recomeçar tudo.
Vigília Quando aconteceu éramos jovens; hoje sou casada.
Brás Cubas Mas nunca é tarde para recomeçar um amor tão puro como era o nosso! Você é a única pessoa em que eu penso! A minha vida só tem sentido se você estiver nela!
Vigília Se me ama tanto, por que ficou longe tanto tempo?
Brás Cubas Esqueça isso. Eu a amo!
Vigília Eu sempre o amei e sempre irei amá-lo!
Rodolfo Martins Dias n:29 2EM B

- Tia Funny. e_ê disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pablito disse...

A respeito do Livro Machadiano: “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, Capítulo LV – “O Velho Diálogo de Adão e Eva” reescrito:

Brás Cubas: No que estas a pensar?
Virgília: Penso em nós dois
Brás Cubas: É realmente muito bom saber que você esta a pensar em nós
Virgília: Pois é!
Brás Cubas: Mas vejo que você esta um tanto preocupada...
Virgília: Sim, realmente estou preocupada, pois, como poderemos ficar juntos se estou casada? Se meu marido descobre... Mas mesmo assim, não posso deixar de lhe ver, pois, só de sentir o teu toque o meu corpo inteiro estremece, não consigo viver sem o teu toque, sem o teu olhar!
Brás Cubas: Eu também, não consigo nem imaginar como seria a minha vida sem o teu toque, seu cheiro suave...
Virgília: Se eu pudesse, viveria para sempre contigo meu querido, o problema é que minha família não iria aceitar esse amor bandido...
Brás Cubas: Então fuja comigo! Vamos viver juntos, como a Lua e as Estrelas do céu! Caminhar pelas estradas do amor e nos amar intensamente até que chegue a hora em que tu não possas mais sentir o meu toque e nem eu o teu cheiro suave!
Virgília: Mas fugir pra onde?
Brás Cubas: Não sei, vamos deixar o amor nos guiar!
Virgília: Então eu vou meu amor, eu vou contigo até os confins da Terra!


Escolha de um capítulo dos livros: “Memórias Póstumas de Brás Cubas” e “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, e justificativa da escolha desse capítulo...

Memórias Póstumas de Brás Cubas:

O capítulo escolhido foi o ultimo do livro, o capítulo CLX – “Das Negativas”. Nós escolhemos esse capítulo, pois ele mostra explicitamente o pensamento realista de Machado de Assis, só que de um jeito meio que negativo, como diz o próprio nome do capítulo que se chama “Das NEGATIVAS”... O trecho do capítulo que podemos citar é: “Esse último capítulo é todo de negativas. Não alcancei a celebridade do emplasto, não fui ministro, não fui califa, não conheci o casamento [...].

Dom Casmurro:

O capítulo escolhido foi o primeiro do livro, o capítulo I – “Do Título”. A escolha desse capítulo foi feita, pois nesse capítulo o autor mostra como são as pessoas quando estão meio que desinteressadas em ouvir ou fazer algo! O trecho que podemos usar para mostrar essa realidade é: “Uma noite destas, vindo da cidade para o Engenho Novo, encontrei num trem da Central um rapaz aqui do bairro [...] Sucedeu, porém, que, como eu estava cansado, fechei os olhos três ou quatro vezes; tanto bastou para que ele interrompesse a leitura e metesse os versos no bolso.
- Continue, disse eu acordando.
- Já acabei, murmurou ele.
- São muito bonitos."


Ruan Pablo Nº 32 2º EM A
Allan Squizatto Nº 03 2º EM A

Geisa disse...

Cap XXXIII- O Penteado

O porque da escolha deste capítulo foi por admiração logo que o li ano passado.Em minha opinião é o capítulo mais romântico que existe em Dom Casmurro,onde existe as características do Romantismo: a imaginação,a exposição dos sentimentos,a fantasia,a verdade individual e etc.Em minhas escolhas literárias e preferências audiovisuais,o romântismo,até mesmo exacerbado sempre esteve presente.E neste capítulo não foi de novidade para mim,'O Penteado' trata com delicadeza cada gesto,cada fala que os adolescentes Bentinho e Capitu,vivem em um simples e delicado momento de um cuidar do outro,o brincar cuidadosamente com os cabelos,naquele momento pertencentes a Capitolina,a famosa Capitu.
Neste capítulo acho interessante acrescentar que Machado,em minha opinião, já começava a inserir a características do Realismo neste capítulo com o característica Romance Realista.Para comprovar temos:[...]'Se isto vos parecer enfático,desgraçado leitor,é que nunca penteastes uma pequena,nunca pusestes as mãos adolescentes na jovem cabeça de uma ninfa...Uma ninfa!Todo eu mitológico.Machado,em meu ponto de vista é engraçado e irônico num capítulo onde se poderia esperar apenas romantismo,com apenas subjetividade e a exposição de sentimentos.

Geisa disse...

O Velho Diálogo de Adão & Eva


Brás Cubas
Não conseguiste dormir?

Virgília
Não

Brás Cubas
Eu apenas pensei em uma coisa toda essa madrugada

Virgília
Eu apenas em uma pessoa!

Brás Cubas
Você

Virgília
Eu,diria o mesmo justo agora na mesma fração de segundos que ti!

Brás Cubas
Concretizemos o que pensamos

Virgília
Espere

Brás Cubas
Não se preocupe em entender,meu amor o que vamos viver agora supera qualquer entendimento!Sinto que nos teus beijos há tanta vida,me deixe sentir esse calor em tua boca e em teu corpo!

Virgília
Tu me queres?

Brás Cubas
Oh,como quero-te!

Virgília
Me ame.

Geisa Delfino nº15 2ºEMA

Geisa disse...

Capítulo LIV- A Pêndula

Achei interessante esse capítulo,porque de alguma forma conversa com o capítulo que outros alunos escolheram: DAS NEGATIVAS.Brás Cubas,neste capítulo,depois do beijo com Virgília,não consegue dormir,pensando em uma relação sexual com a citada.Os pensamentos deles se encontram e se igualam no próximo capítulo.Achei interessante que ao mesmo tempo que ele é um cara pessimista no último capítulo,neste,ele é um cara decidido a ter uma relação sexual com Virgília,demonstrando que a ama,não sabe-se ao certo se esse amor é um amor carnal,um amor prazeroso,um amor momentâneo,o texto literário,não nos deixa convictos das situações diversas que estão presentes nele. Finalizando,eu o achei muito sortudo,por ter amores momentâneos e ter sido rico.Neste capítulo Machado nos deixa á vontade para perceber que Brás Cubas pôde ter sentido algo a mais na vida,ter sido uma pessoa amorosa,mas que não teve a sorte de concretizar este amor.

gaabriela moraes disse...

Capitulo LV - O velho dialogo de Adão e Eva .


Brás Cubas:
Nos veremos de noite?

Virgília:
Não poderei tenho que ficar em casa,pois minha mãe adoeceu .

Brás Cubas:
Mais Virgília,combinamos de se ver para matar a saudade que me sacia todo dia!

Virgília:
Sinto muito!

Brás Cubas:
Não acredita em minhas palavras?

Virgília:
Eu acredito e me preocupo com nos dois,eu amo você a cada dia mais,olho nos seus olhos e me traz calma,só não poderei te ver por um problema de minha mãe !

Brás Cubas:
Ao mesmo tempo que eu quero entender,não quero !

Virgília:
Entenda por favor !

Brás Cubas:
Sabes que você desperta um sentimento inalterável dentro de mim,é gostoso,satisfaz a alma alegra meus dias! Você é a razão do meu viver,a luz que ilumina minhas manhãs o amor que alguém jamais terá igual,e saiba que eu te amo!

Virgília:
Me ama? E me entenda agora?

Brás Cubas:
Mais que qualquer coisa nesse universo! E sim,eu te entendo.

Virgília:
Pois serei sempre sua! Eu te amo.


Gabriela Moraes de Castro nº13
Amanda da Silva Paiva nº04

2 EMA

gaabriela moraes disse...

Dom Casmurro - Capitulo XLVI: As pazes

A escolha desse capitulo foi por nos duas ter se identificado.O capitulo " As Pazes" foi quando ouve a reconciliação de Capitu com Brás Cubas.
Brás Cubas não esperava que as "negociações" partisse por Capitu,e surpreendido fico,pois Capitu quem as iniciou.
Os dois por alguns minutos ficam se olhando com a cabeça meio baixa, com receio, e com isso o "orgulho" que envolve o pedido de perdão entre os dois se deixa de lado,e acabam se desculpando! E com isso nos mostrou que não vale apena se deixar levar com as coisas bobas de si mesmo!


Gabriela Moraes de Castro nº13
Amanda da Silva Paiva nº04

2 EMA

gaabriela moraes disse...

Memórias Póstumas de Brás Cubas
Capítulo LXXXV - O cimo da montanha

Lemos este capítulo e chegamos a conclusão que quem escapa de um perigo passa dar mais valor a vida. Brás Cubas passa nesse capítulo por um perigo e passa amar a vida com mais intensidade,e começa a amar mais Virgília com um medo de perde-la! E com isso nesse romance de Machado de Assis,observamos que a vida e uma só que temos que aprender a vive-lá !


Gabriela Moraes de Castro nº13
Amanda da Silva Paiva nº04

2 EMA

Camilinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilinha disse...

Memórias Póstumas de Brás Cubas
Capítulo XIV-O Primeiro Beijo
Escolhemo este capítulo,por demonstrar a Euforia presente num menino de dezessete anos a estra prestes a dar o Primeiro Beijo.O que por sinal faz rapidamente e não fica para ver qual seria a reaçao causada pelo tal.
Sendo assim o capítulo abrange uma verdadeira explosão de sentimentos,envolvendo Euforia,nervosismo,entusiasmo,expectativas,o que torna o capítulo engraçado de certo modo,e que nos chamou muita a atençao.

Camila de Oliveira n:5 2EMB
Vanessa n:38

Camilinha disse...

Dom Casmurro
XXXII-Olhos de Ressaca

Este capítulo foi digno de nossa escolha por definir detalhadamente os olhos de Capitu,que são como de uma cigana,dissimulados.Tais caracteristicas ditas por José Dias,e analizadas e avaliadas por Bentinho.
Em especial a personagem Capitu nos chama muito a atençao,e posso arriscar dizer que até nos fascina.Capitu com seu olhar demonstava e consiguia disfarçar muito bem,saindo-se bem de momentos constrangedores ou de situações complicadas.Tal caracteristica é digna de total admiração,e por isso nos chamou atenção!

Camila de Oliveira n:5 2EMB
Vanessa n:38

Leê disse...

Letícia Cristina n°18
Stéfany Fernandes n°32
2° EMB.
Após lermos o livro Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, reescrevemos o capítulo LV do livro Memórias Póstumas de Brás Cubas, ‘’ O velho diálogo de Adão e Eva’’, segue á seguir esta atividade:
Brás Cubas
Tu me amas verdadeiramente?
Virgíia
Não duvidaste do meu amor...
Brás Cubas
Não estou duvidando, apenas me digas a verdade Cubas querido,
Virgília
Eu te amo!
Brás Cubas
Ò eu te amo também meu amor querido,
VIRGÍLIA
Ó florida, tens certeza que não queres fugir comigo?
Brás Cubas
Não é que não queiras, não posso ainda amore mio
Virgília
Tu esta á me enganaste.
Brás Cubas
Ó não estou, não estou a te enganaste, apenas tenho deveres, oras, apesar de tudo sou uma mulher casada ! Tenho de respeitar meu marido, o Senhor Lobo Neves, temos um laço envolvendo-nos, apesar de tudo sou uma mulher casada amado Cubas! Creio que tu esqueceste isso, confesso á ti, não é fácil para mim, amo-te com toda minha vida, perdoe-me por recusaste tua proposta, quem sabe em outra ora, não esqueces, sou casada!
Virgília
Entendo-te querida, mas, após fugiste e separaste do Lobo Neves, casaste comigo?
Brás Cubas
Ó, será um prazer meu amor!
Virgília
Minha eterna esposa, amar-te-ei pra sempre !

Leê disse...

Letícia Cristina n° 18
Stéfany Fernandes n°32
2°EMB.
Após leitura dos Livros Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas, os dois de Machado de Assis, escolhemos um capítulo de cada, e explicamos o motivo da escolha. Segue a atividade abaixo:
- Memórias Póstumas de Brás Cubas
XXXI – A borboleta preta
Escolhemos esse capítulo porque ele narra sobre uma borboleta que surpreendentemente aparece no quarto de Brás Cubas. Chamando nossa atenção com sua imaginação, em relação ao que ele acredita que a borboleta pensa. Diz também que ela deveria ser de outra cor, menos preta.
- Dom Casmurro
CXXIII – Olhos de Ressaca
Escolhemos esse capítulo porque é a parte mais importante, segundo nossa opinião, do livro, que é quando ele desconfia de que Capitu teve algo á mais do que só amizade com seu melhor amigo, que faleceu, Escobar. Ela demonstra tristeza ao vê-lo morto, segundo Dom Casmurro relata, ‘’olhar iguais as da viúva’’, compara também á uma ressaca, querendo ‘’tragar ou nadador da manhã’’, ou seja, querendo que Escobar voltasse.

Camilinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilinha disse...

Após a leitura do capítulo LV do livro memórias Póstumas de Brás Cubas,reescrevemos o capítulo -O velho diálogo de Adão e Eva

Brás Cubas
Por que ainda estás acordada?
Virgília
Não consegui ainda domir
Brás Cubas
Também não minha querida,só consigo pensar em ti
Virgília
E eu em você meu amor
Brás Cubas
Mas este pensamento vem repentino a afligir-me
Virgília
Afligir-te por que ó amado?
Brás Cubas
Por não ter a certeza se ficaremos juntos
Virgília
A certeza é que Te Amo
Brás Cubas
Também Te Amo minha Querida,és deveras de meu coração, permanecerás nao importa o tempo,nem os acontecimentos!Te Amo,Te Amo,Te Amo,Te Amo!Agora posso dormir,tal prensamento não me afligirá mais.Tenho a certeza de seu Amor!
Virgília
Sonharás comigo?
Brás Cubas
Sempre!
Virgília
Eu também!

Camila de Oliveira n:5 2EMB
Vanessa n:38

Fannyh' sz~ disse...

Stéfany Mitie e Tamires Ribeiro Neves - 2ºA

Nós escolhemos o Capítulo XIII - Capitu, do livro "Dom Casmurro", porque nos interessou muito, pois é recordados os momentos em que Capitu e Bento viveram em sua infância, as brincadeiras, as risadas e o grande sentiemento que um tinha pelo outro, que ao mesmo tempo, sendo amizade, também era amor.
No livro "Memórias Póstumas de Brás Cubas" escolhemos o Capítulo LXIII - Fujamos, porém não podemos dizer que esse capítulo foi o que mais nos interessou, pois todos os capítulos desse livro são muito interessantes.
Mas esse capítulo, nos chamou mais a atenção, porque é comprido, na qual o autor usa partes do Romantismo e, é um capítulo que fala de uma parte importante para dois amantes.
Vírgilia é casada, porém há um romance entre ela e Brás Cubas, às escondidas.
Os dois se amam e, Brás sonha tê-la somente para sí, mas é um caso meio impossível, pois ela é casada com um político e, tem um filho com o marido. Mas nesse capítulo, o autor coloca uma pitada de romance, um suspense e uma dúvida, típico de Machado de Assis.
Brás coloca uma proposta para Vírgilia e, ela fica pensativa em relação a tal proposta, essa é a parte imporante do relacionamento dos dois. É nesse capítulo que nós ficamos na dúvida, de que, se ela vai fugir com o amante, provando seu amor por ele ou, se ela irá ficar com o seu marido.
Foi essa capítulo que nos deixou bem intrigadas, pois queríamos saber qual seria o futuro deles dalo pra frente, fez com que sentíssemos mais vontade de ler o resto do livro.
Esse foi o motivo da escolha.

Abraços !

isabelle disse...

Ariela Lana n°08
Isabelle Palma n°19
2°EM A

Proposta de selecionar dois capitulos dos livros "Dom Casmurro" e "Memorias Postumas de Brás Cubas"
Livro Dom Casmurro: Capítulo XXXIII - O penteado
Nós escolhemos ese capitulo porque é a partir dai que começa o "namoro" entre Capitu e Bentinho, o que antes não passava de uma amizade entre crianças. Já não era um amor tao de criança assim, mas que ainda não deixava de ser inocente. Este capitulo, além de romântico, é também uma transição das personagens.

Livro "Memórias Póstumas de Bás Cubas": Capitulo CXXXVI - Inutilidade
Escolhemos este pelo fato de ele ter apenas uma linha, achamos isso diferente, e deixa claro o estilo único de Machado. O capítulo em si, não traz nada, ele é referente ao anterior (CXXXV - Oblivion), que traz uma reflexão sobre os cinquenta anos.

- Tia Funny. e_ê disse...

Mariana Morena e José Marcelino
2 EM B

O velho dialogo de adão e eva.

baseado em minhas pesquisas , procurei "descobrir " qual seria a relação de Adão e Eva com os dois amantes e logo , vi que seria o "pecado" a maçã, uma relação entre 2 pessoas.
Vamos ao que enteressa.

O velho dialogo de adão e eva :

Brás Cubas:
Virgila ?

Virgília:
certo que sim

Brás Cubas:
Estara eu pensando e ti,e muitas outras cousas. Provas desta maçã ?

Virgília:
Oh céus,fale uma coisa de cada vez !

Brás Cubas:
Prove da maçã

Virgília:
Por que deveria eu de provar qualquer maçã que fosse? Também queria dizer que meus pensamentos estavam em vosmecê, acho que é por isso que eles se encontraram para ter tal conversa sem princípios.

Brás Cubas:
Não há nada sem, principios aqui , só quero que aceite esta , para eu ter certeza que você quer o que eu quero,pois temos os mesmos pensamentos , comprovo isso agora mesmo , podendo conversar com vosco.

Virgília:
OH , você sabe que sim

Brás Cubas:

Nunca havera , eu imaginado que os pensamentos poderiam se encontrar assim , espero acreditar que isso realmente seja algo real ! E que realmente aceitou a maçã que lhe ofereci ! Agora , quero que divida comigo , suas vontades e seus desejos!

Virgília:
Quer virar pecador homem ?

Brás Cubas:
Certo que sim, como Adão e Eva !

Virgília
Se nossos pensamentos podem se encontrar , se estamos tão interligados assim , não vejo razão para não provar desta linda e formosa maçã!

Gabriela disse...

Gabriela Carolina nº7
Gabriella Louise nº11
2ºEMC

Proposta: Apresentar um capítulo dos livros "Dom Casmurro" e "Memórias Postumas de Bras Cubas", de Machado de Assis e justificar o porque da escolha da dupla.

Dom Casmurro: CAPÍTULO XXXIII: O PENTEADO

Justificativa: Como todos sabem, Dom Casmurro é um livro narrado em primeira pessoa, onde Bentinho conta toda a sua vida, desde criança, até adulto quando passa a viver sozinho sem nenhum familiar vivo. E nesse capítulo ele fala sobre Capitu, seu amor desde criança, e mostra o quanto ela tinha um certo domínio sobre Bentinho, e também sobre si mesma, pois ela se controla após o beijo, enquanto ele ''perde todos os sentidos''. Esse foi o motivo pelo qual nós escolhemos esse capítulo.

Memórias Póstumas de Brás Cubas: Capítulo XXVII: Virgília.

Justificativa: Nós escolhemos esse capítulo, pois ele ressalta muitas características do Realismo, como por exemplo descrever as pessoas como elas realmente são. E o final desse capítulo foi o que mais nos chamou a atenção, a ideia que o escritor tem da vida, onde cada estação é uma edição, e que a cada edição nós temos o dever de melhorar, mas, por mais que sejamos melhores, um dia as edições se acabam, e todos acabam de uma forma igual: entregando sua última edição aos vermes.
-
Professora, nós íamos escrever os capítulos aqui, mas não coube, aparece que excedeu o número de caracteres permitido.

Gabriela disse...

Gabriela Carolina nº7
Gabriella Louise nº11
2ºEMC

Proposta: Reescrever o capítulo LV: O velho diálogo de Adão e Eva, do livro ''Memórias Póstumas de Brás Cubas'', de Machado de Assis. Usar a técnica discursiva ao substituir as reticências por palavras.

Brás Cubas: O que sentes por mim é real?
Virgília: Oras, e ainda tem coragem de perguntar.
Brás Cubas: Claro, quero confirmar, e ter certeza de todas as maneiras, se é que me entende.
Virgília: Pois o prove como achar necessário!
Brás Cubas: Ah, como eu te quero.
VIRGÍLIA: Vem, chega mais perto.
Brás Cubas: Aqui, mais perto impossível! Virgília! Virgí...!
Virgília: Ah, Brás Cubas, está feliz com o acontecido?
Brás Cubas: Nossa, e como!
Virgília: Então somos dois!

Higor Lisboa disse...

Dom Casmurro – XXXII - “Olhos de Ressaca”.
Escolhi esse capítulo, pois ele define detalhadamente os olhos de Capitu, como que se parecesse o de uma cigana, dissimulada, pois esse olhar conseguia disfarçar situações nem sempre muito agradáveis.

Memórias Póstumas de Brás Cubas – XIV – “O Primeiro Beijo”.
Escolhi o capítulo XIV pelo fato de ele ficar caidinho de amores por Marcela que entre os rapazes era chamada de “linda Marcela” e também pelo fato de após ele ter dado um beijo nela nem ele mesmo sabia o que ele tinha feito e nem ficou para ver qual foi a sua reação diante do fato acontecido.

Memórias Póstumas de Brás Cubas – LV – “O Velho Diálogo de Adão e Eva”.

Brás Cubas: Ola vigília?
Vigília: Olas Brás Cubas
Brás Cubas: Meu amor topa sair?
Vigília: Melhor não estou morrendo de dor de cabeça
Brás Cubas: Tudo bem
Vigília: Pensando melhor vamos sim para descontrair um pouco, mas que horas? Não enrola se não eu desisto
Brás Cubas: Por mim tanto faz
Vigília: As 19:00 me pega aqui em casa
Brás Cubas: Pois não com o maior prazer quero te beijar como se fosse a primeira vez!
Vigília: Nossa tudo isso é saudade?
Brás Cubas: Sem duvidadas, você sabe que eu te amo!
Vigília: Tudo bem te vejo as 19:00, beijos e eu também te amo.

Higor Menezes Ramalho Lisboa, Nº13, 2ºEMB.

Guilherme Henrique disse...

Atividade da escolha de dois capítulos dos livros de Machado de Assis um de Memória Póstumas de Brás Cubas e o outro de Dom Casmurro.

2°C
Guilherme n° 13
Higor n°14

Memórias Póstumas
Escolhemos o capítulo CLX - DAS NEGATIVAS , pois é o desfecho do livro e é uma das partes mais surpreendentes pelo excesso de pessimismo e ironia que como estudamos são umas das principais características do estilo de época Realista e do estilo Machadiano .
...”Somadas umas cousas e outras, qualquer pessoa imaginará que não houve míngua nem sobra, e, conseguintemente que saí quite com a vida. E imaginará mal; porque ao chegar a este outro lado do mistério, achei-me com um pequeno saldo, que é a derradeira negativa deste capítulo de negativas: -- Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criadora o legado da nossa miséria[...]
E também porque é o capítulo que mostra ao leitor que não há um acontecimento significativo que se realize no livro todo por completo.

OBS(Guilherme): Livro chato “viu” você lê o livro todo fica na maior expectativa que vai acontece alguma coisa legal ai vem esse defunto e fala que a vida dele não foi tão ruim e fica um vazio na história :@

Dom Casmurro
Capítulo CXXIII – OLHOS DE RESSACA, foi a nossa escolha porque esse “olhos de ressaca” de cigana oblíqua e dissimulada foram colocados no início da narrativa, para caracterizar Capitu (“como uma onda que ameaça tragar tudo”) e depois desaparecem só voltando então neste capítulo, na nossa opinião esse capítulo é o que da a maior ênfase no suposto adultério de Capitu com Escobar para nós leitores e para Bentinho no qual ele vê Capitu chorando, e os olhos dela eram como a ressaca do mar que tinha tragado Escobar.

...”As minhas cessaram logo. Fiquei a ver as dela; Capitu enxugou-as depressa, olhando a furto para a gente que estava na sala. Redobrou de carícias para a amiga, e quis levá-la; mas o cadáver parece que a retinha também. Momento houve em que os olhos de Capitu fitaram o defunto, quais os da viúva, sem o pranto nem palavras desta, mas grandes e abertos, como a vaga do mar lá fora, como se quisesse tragar também o nadador da manhã”

Gaby disse...

Proposta: apresentar um capítulo dos livros "Dom Casmurro" e "Memórias Postumas de Bras Cubas", de Machado de Assis e justificar a escolha da dupla.

Dom casmurro: cap XI " A PROMESSA"
"Tão depressa vi desaparecer o agregado no corredor, deixei o esconderijo, e corri à varanda do fundo. [...]
[...] Minha mãe ficava muita vez a olhar para mim, como alma perdida, ou pegava-me na mão, a pretexto de nada, para apertá-la muito."

Escolhemos esse capitulo pois explica o porque de Bentinho ter que ir para o seminario tao "obrigado".Depois da perda de seu primeiro filho,D.Gloria prometeu que o proximo seria padre, deixando Bentinho em uma situaçao complicada pois é apaixonado por Capitu.Esse foi um dos capitulos em que conseguimos imaginar a afliçao de Bentinho.

Memorias Postumas de Bras Cubas: cap.LV "O velho dialogo de Adao e Eva"
"Brás Cubas . . . . . ?
Virgília . . . . . .
Brás Cubas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Virgília . . . . . . !
Brás Cubas . . . . . . .
Virgília . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Brás Cubas . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Virgília . . . . . . .
Brás Cubas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ! . . . . . . . . ! . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . !
Virgília . . . . . . . . . . . . . . . . . ?
Brás Cubas . . . . . . . !
Virgília . . . . . . . ! "

Ficamos em duvida entre alguns capitulos mas optamos por esse.O cap. LV realmente mostra uma das maiores caracteristicas machadianas, o ironismo. Ele deixa livre ao leitor a narraçao de Bras Cubas, ou seja seus pensamentos ficam a criterio do leitor.

Gabriela Silveira M. de Sousa n° 10
Jessica Carolina n° 15
2°EM C

Camila disse...

Proposta: Apresentar um capítulo dos livros "Dom Casmurro" e "Memórias Postumas de Bras Cubas", de Machado de Assis e justificar a escolha da dupla.

Dom Casmurro: XI: A Promessa

Nós escolhemos este capítulo pelo fato de ser interessante, pois Dom Casmurro conta a historia de sua mãe, conta que ele não entendia o porque de tantas lágrimas ela derramava, mais com o passar do tempo descobriu que quando mais sofrimento há em uma vida, mais agarrado com Deus estaremos, então a sua mãe que perdeu seu primeiro filho ficou tão abalada, que quando descobriu sua segunda gravidez se agarrou forte com Deus, depositando Nele toda a sua esperança,e fazendo uma promessa com Deus, prometeu colocar seu filho dentro da igreja para servi-lo como padre, se ele vivesse. E a sua mãe já sofria muito por causa dos seus projetos eclesiásticos. Dom Casmurro, gostou da idéia um pouco mais tarde, quando já entendia o que sua mãe tinha prometido a Deus, brincavam, ele e Capitu de missa, porém depois de quinze anos não tendo vocação ficou com medo de que sua mãe pensasse que ele tinha uma alma perdida.


Camila Cristina do Santos 2°EmA
Jéssica Ingrid Alves da Cruz 2°EMA

Gaby disse...

Reescrita do Cap.LV "O velho dialogo de Adão e Eva"

Bras Cubas:
O que há?

Virgilia:
Você sabe...

Bras Cubas:
Pensei que não voltaria mais

Virgilia:
Realmente!

Bras Cubas:
Mas...

Virgilia:
Você me ama verdadeiramente?

Bras Cubas:
Sim, sempre.

Virgilia:
Ainda tem Lobo Neves.

Bras Cubas:
Nos conhecemos a muito mais tempo, pense! Esqueça ele! Ainda te quero como sempre quis, eu te amo!

Virgilia:
Como farei isso?

Bras Cubas:
Fugiremos!

Virgilia:
Não sei se quero!


Obs: Esse nosso dialogo esta uma novela mexicana, Hahaha!

Gabriela Silveira n°10
Jessica Carolina n°15

2°em C

isabelle disse...

Isabelle Palma n°19
Ariela Lana n°8
2°EM A

Reescrita do capítulo LV - O velho diagolo de Adão e Eva

Bras Cubas:
Que fazes?
Virgília:
Estou pensativa.
Brás Cubas:
Tenho eu pensado muito também. Principalmente em você
Virgília:
Não diga sandices, sou casada!
Brás Cubas:
Não me importo.
Virgília:
Pois eu, sim.
Brás Cubas:
Esqueça-se de seu marido. Esqueça-se de tudo! Afinal, somos apenas dois pensamentos esta noite! E não há mal, nem pecado, em dois pensamentos, que querem o mesmo, realizarem-se numa noite magnífica como esta!
Virgília:
Como sabe o que quero?
Brás Cubas:
Vejo em ti o que queres!
Virgília:
Pois então, realize-me!

Guilherme Henrique disse...

Guilherme, n° 13 – 2°EM C.

Está ai professora "O Velho Diálogo de Adão e Eva" arrumei alguns detalhes em relação ao anterior que mostrei para senhora .


Brás Cubas
Como esta?

Virgília
Estou boa

Brás Cubas
Realmente muito boa, lindíssima e atraente como uma jóia.

Virgília
e você como sempre muito sedutor!

Brás Cubas
não tão sedutor como as suas pernas

Virgília
Então porque não aproveita ainda mais delas?

Brás Cubas
Claro, não só delas mais de seu corpo todo, aliás, neste momento ele é apenas meu.

Virgília
Infelizmente só neste momento de amor, pois seria impossível para sempre.

Brás Cubas
Não seria impossível para duas pessoas que se amam!Vamos fugir juntos!Quero sempre poder te tocar, te beijar e desfrutar sempre desde fruto proibido!

Virgília
Daria certo?

Brás Cubas
Devemos tentar!

Virgília
Sendo assim irei com você!

rodolfo disse...

Gustavo N:11 2 EM B
Rodolfo N:29

Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis
XIII- Um salto
Nos escolhemos esse capitulo, porque esse capitulo é muito interessante,dinâmico e compacto.Esse capitulo mostra toda a trajetória de uma pessoa que aprendeu a ler, escrever,contar,ora nos morros e depois a ver um grande salto a 1822, data da independência política onde foi o seu primeiro cativeiro pessoal.

Dom Casmurro de Machado de Assis
Nos escolhemos esses capítulos, porque revela como o mundo ficou obscuro, esse capitulo fala do sexo que perturbava a adolescência de um jovem e pobre seminarista, e ao logo da leitura do capitulo de Machado de Assis volta a falar de Capitu, em um dos trechos ele diz “Capitu dava-me com os olhos todas as sortes grandes e pequenas “, e para Machado de Assis a maior sorte que Capitu pode lhe dar é com sua boca.

Fannyh' sz~ disse...

Stéfany Mitie e Tamires Ribeiro Neves - 2º A

O velho dialogo de adão e eva.


Brás C.:
Minha Virgília?

Virgília:
Diga meu amado.

Brás C.:
Não me canso de confessar-te que tú és e sempre serás minha única amada.

Virgília:
Oh meu Cubas, tú sabes que meu amor é compartilhado somente com você.

Brás C.:
Não ouso a discordar.

Virgília:
Um dia talvez, seremos felizes juntos, sem ninguém a nos atrapalhar.

Brás C.:
Flor mais linda do meu jardim, tú não sabes o quanto desejo isso! Quero tê-la somente para mim, sem receios! Poder desfrutar de todos os meus loucos desejos contigo, viver a felicidade e o amor ao seu lado.

Virgília:
Mas meu amor, não há meios de realizá-lo, como o faremos?

Brás C.:
Para o nosso amor, nada é impossível!

Virgília:
Ah Cubas, como o amo!

mm disse...

Proposta, apresentar um capítulo dos livros "Dom Casmurro" e "Memórias Postumas de Bras Cubas", de Machado de Assis e justificar o porque da escolha da dupla.

Livro :" Memórias Póstumas de Brás Cubas".

" CXXXIX - DE COMO NÃO FUI MINISTRO D' ESTADO
..................................................................................................................................................
..................................................................................................................................................
..................................................................................................................................................
..................................................................................................................................................
.................................................................................................................................................. "
Justificativa: Escolhemos este capítulo por deixar evidente uma das maiores características de Machado de Assis, a autenticidade. Assim como em " O Velho Diálogo de Adão e Eva (capítulo LV) o autor deixa o capítulo aberto para que cada leitor tire suas próprias conclusões e que a história fique diferente a cada leitura.



Livro: "Dom Casmurro"
I- Do Titulo

Justificativa:
Escolhemos esse capitlo pois ele revela quem são algumas das pessoas e o que elas realmente estão interessada.


Capítulo LV
O velho diálogo de Adão e Eva

Brás Cubas: Acordada?

Virgília: Sim.

Brás Cubas: Ando pensando muito em você. No seu sorriso.

Virgília: Ainda bem!

Brás Cubas: Você pensa em mim?

Virgília: Como pode me fazer essa pergunta tola? O tempo todo, se você quer saber.

Brás Cubas: Já não dá para viver assim. Eu quero fugir com você.

Virgília: Seria impossível.

Brás Cubas: Nada é impossível para duas pessoas que se gostam! Não podemos perder mais tempo! Venha comigo sem medo. Vamos viver esse amor!

Virgília: Você seria capaz de largar tudo por mim?

Brás Cuba: Sempre e sempre!

Virgília: Então irei com você!

Michelle Pereira Viana nº 27 2ºEM C
Rafaela da Silva Moraes nº34 2ºEM C

Jú. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jú. disse...

Reescrita do Capítulo LV "O velho diálogo de Adão e Eva"

Brás Cubas: O que você quer de mim?

Virgília: Quero o teu corpo junto ao meu.

Brás Cubas: Vem, que sou todo seu.

Virgília: Sou toda sua!

Brás Cubas: Ela me arranhava e chamava meu nome.

Virgília: Ele me usava como objeto de desejo.

Brás Cubas: Aos poucos fui tirando sua roupa! Eu a olhava com ternura e desejo! Foi quando a deitei e aos poucos coloquei-a sentada em meu colo!

Virgília: Vai ser assim?

Brás Cubas: Foi como eu sempre sonhei!

Virgília: Então me ame, que eu te darei todo o amor do mundo.




Dom Casmurro:
Cap.XXVII- "Ao Portão"
O amor ao próximo é um dos pontos importantes do Clássico Dom Casmurro de Machado de Assis, ajudar o outro, ser prestativo.

Cap.LXXXV- "O cimo da montanha"
Escolhemos esse capítulo pois o autor fala que quando ele sentiu qe ia perder Virgília, ele a amou com mais intensidade ainda, e ficou imaginando a dor da separação, a tristeza dos dois.

Memorias Póstumas de Brás Cubas:
Cap.CLX- "Das negativas"
Esse capítulo fala de coisas negativas, tudo que ele quiz fazer e não conseguiu.



Juliana de Miranda Silva N°: 17
Mateus Miranda N°: 25

2°EM C

• Bia disse...

Beatriz Stephanie n°03
Matheus Mariano n°23
Olá professora !
Nós escolhemos o Capítulo ''Olhos de ressaca'' do livro Dom Casmurro.
Foi grande a curiosidade ao lermos que os olhos de Capitu eram olhos de ressaca, pois como seriam esses olhos ?
Chegamos a conclusão que os olhos de Capitu foram comparados com a ressaca do mar,um fenômeno formado por ondas fortes,e assim como as ondas,os olhos dela demonstravam essa força,eram oblíquos e difíceis de decifrar.
O primeiro beijo de Bentinho na amada ocorre mediante a percepção daqueles belíssimos olhos de ressaca, porém na nossa opinião a essencia não esta própriamente nos olhos e sim no OLHAR de Capitu, que podemos dizer,que queriam ''naufragar'' Bentinho. kk

• Bia disse...

Professora agora escolhemos o capítulo ''O velho diálogo de Adão e Eva'' do livro Memórias Postumas de Brás Cubas.
Machado de Assis utiliza-se da ironia como um recurso para fazer o leitor desconfiar das declarações, pensamentos e conclusões do narrador Brás Cubas.
O leitor de Machado é solicitado a interagir criticamente com a obra, distanciando-se ainda mais do modelo de leitura proposto pelos romances românticos, que mobilizam a emoção e a imaginação.

miih disse...

TAMIRES SANTANA E JAQUELINE -2°EM A


1° atividade

Velho dialogo de adão e eva (modificado)

Bras Cuba - Você esava pensando o mesmo que eu:?

Virgilia -Estava sim.

Bras Cuba -Estava pensando que nós já podemos ter um entrelaço maior.

Virgilia -Não!

Bras Cuba -Podemos sim .

Virgilia -DEvemos ter um entrelaçoo maior, mais até que ponto ?

Bras Cuba -Ate o ponto de matar a sede de nossos prazeres .

Virgilia -Minha alma não sente o tamanho do seu lograr seu amor.

Bras Cuba -Sua alma não sente ! talvez não sente o ósculo que eu sinto , esse fogo ardentee ! que no meu corpo se abrage e vai até tenrura de minha carne!

Virgilia -Esse nulo é tão sublime ?

Bras Cuba -Como pode duvidar da minha fortaleza de amor :?

Virgilia -Sua perdição é duvidavel!


2° atividade

Dom Camurro

Nós escolhemos o capitulo "CXXIII" OLHOS DE RESSACA" pois é uns dos capitulos que nos deixa em duvida, nesse x]capitulo a duvida é que se a capitu era apaixonada pelo Escobar ( o defunto) ou se eles tiveram um caso .Pode - se perceber essa duvida no trechos " [...]Capitu olhou alguns instantes para o cadaver tão fixa , tão apainonadamente fixa[ ...]"

Memorias postumas de Bras Cuba

Escholhemos o capitulo 57 " O Destino" por ser a parte que Virgilia e Bras Cubas , se declarar a paixão, o desejo que um sente pelo outro e eeles não ficam só no desejo igual ao capilo 55 " O velho dialogo de adão e eva " , dizem que tudo foi obra do destino , obra do céu...

miih disse...

TAMIRES SANTANA E JAQUELINE -2°EM A


1° atividade

Velho dialogo de adão e eva (modificado)

Bras Cuba - Você esava pensando o mesmo que eu:?

Virgilia -Estava sim.

Bras Cuba -Estava pensando que nós já podemos ter um entrelaço maior.

Virgilia -Não!

Bras Cuba -Podemos sim .

Virgilia -DEvemos ter um entrelaçoo maior, mais até que ponto ?

Bras Cuba -Ate o ponto de matar a sede de nossos prazeres .

Virgilia -Minha alma não sente o tamanho do seu lograr seu amor.

Bras Cuba -Sua alma não sente ! talvez não sente o ósculo que eu sinto , esse fogo ardentee ! que no meu corpo se abrage e vai até tenrura de minha carne!

Virgilia -Esse nulo é tão sublime ?

Bras Cuba -Como pode duvidar da minha fortaleza de amor :?

Virgilia -Sua perdição é duvidavel!


2° atividade

Dom Camurro

Nós escolhemos o capitulo "CXXIII" OLHOS DE RESSACA" pois é uns dos capitulos que nos deixa em duvida, nesse x]capitulo a duvida é que se a capitu era apaixonada pelo Escobar ( o defunto) ou se eles tiveram um caso .Pode - se perceber essa duvida no trechos " [...]Capitu olhou alguns instantes para o cadaver tão fixa , tão apainonadamente fixa[ ...]"

Memorias postumas de Bras Cuba

Escholhemos o capitulo 57 " O Destino" por ser a parte que Virgilia e Bras Cubas , se declarar a paixão, o desejo que um sente pelo outro e eeles não ficam só no desejo igual ao capilo 55 " O velho dialogo de adão e eva " , dizem que tudo foi obra do destino , obra do céu...

vinicius disse...

O capitulo XV Marcela de ''Memórias Postumas de Brás Cubas''.Em um trecho diz assim:
Gastei trinta dias para ir do Rocio Grande ao coração de Marcela, não já cavalgando o corcel do cego desejo, mas o asno da paciência, a um tempo manhoso e teimoso.
É o momento do livro que ele fala de Marcela a ''prostituta'' que ele se apaixona.

Escolhi o primeiro Capitulo de ''Dom Casmurro''.Por que o mester machado fala assim no seguinte trecho sobre o título:
Também Não achei melhor título para a minha narração;se não tiver outro daqui até ao fim do livro, vai este mesmo.

ele fala como se tivesse colocado qualquer titulo e não é isso.Ele so coloco por causa da ''Casmurrice''.Do principal personagem do livro ele envolve o título com o personagem

Vinicius Ricardo S. da Silva 2°EM:A

Nick disse...

Oi professorra , passo um pouco do praso mais to aqui pra fala pq eu e paola escolhemos o capitulo VII-É tempo do livro Dom casmurro , então porque o capitulo mostra uma volta ao passado do autor ` que relembra a rua onde morava de momentos da sua vida , vida que pra ele era uma ópera.

Brás cubas : Bom escolhemos o capitulo IX transicão porque o autor aparenta uma preocupação com o leitor , com o metodo que pra ele é uma coisa indispensavel.

Nicolas 2° Emc
Paola 2° Emc

xDrih disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
xDrih disse...

Comentários por: Drielle Andrade e Vitor Furtado 2º EM B

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Escolhemos os Capítulos XV- Marcela, XVI- Uma reflexão Imoral e XVII- Do trapézio e outras coisas (sendo os capítulos XV e XVI apenas citados para atingir a reflexão do personagem), pois eles apresentam uma visão pessimista e irônica do ser humano e de suas irracionais diante do suposto amor; O que nos leva a achar que os sentimentos adolescentes e o primeiro amor são superficiais, porém sentidos com uma grande magnitude. Ficando claro no trecho: ‘ ... Marcela amou-me durante quinze meses e onze contos de réis [...]’.
Concluímos então que a partir da leitura faremos uma reflexão de nossas atitudes relacionadas aos sentimentos, principalmente o amor, para que não haja arrependimentos, além de sempre ouvirmos nossos pais, mesmo que estes tenham errado nos mimando.

Dom Casmurro

Analisamos o capítulo XXXIII-O Penteado, porque ele apresenta o auge do primeiro amor, o ponto em que se teve certeza que Bentinho não deveria ser padre, pois estava apaixonadíssimo por Capitu, ou (utilizando o próximo capítulo), Bentinho descobre ‘ser homem’ a partir daquele beijo... O mais doce e vertiginoso de todos, que fica claro no trecho “Grande foi a sensação do beijo; Capitu ergueu-se, rápido, eu recuei até a parede com uma espécie de vertigem, sem fala, olhos escuros”.
Conclui-se então que a partir da leitura desse capítulo podemos entender o tamanho da ‘decepção’ de Bentinho ao ‘interpretar’ a traição de Capitu, a traição de seu suposto amor verdadeiro, de seu primeiro amor.

Capítulo LV - O Velho Diálogo de Adão e Eva

Brás Cubas
Não consegue dormir?
Virgília
Estava pensando.
Brás Cubas
Aposto que pensas em mim
Virgília
Não seja prepotente!
Brás Cubas
Sei que estou nos seus pensamentos, pois não tiro você dos meus...
Virgília
Porque pensas em mim? Não sou a única a lhe beijar.
Brás Cubas
Mas foi a única por quem realmente senti algo.
Virgília
Não mintas...
Brás Cubas
Nunca mentiria! Aquele beijo foi tudo para mim! Você é tudo para mim!
Virgília
E ainda me amarás amanhã?
Brás Cubas
Amanhã e sempre! Agora, feche os olhos e apenas sinta...
Virgília
Oh Brás Cubas!!!
(;X)

Espero que goste!

lg disse...

Tales Wiliam n°39
Marcos Paulo n°22
2°EMC

Bom professora nao deu pra postar no dia em questao pois a internet estava nula, mais aqui esta os capitulos que nos escolhemos dos livros Machadianos:

"Dom Casmurro":

CAPÍTULO XVII / "OS VERMES "ELE FERE E CURA!"

"Quando, mais tarde, vim a saber que a lança de Aquiles também curou uma ferida que fez, tive tais ou quais veleidades de escrever uma dissertação a este propósito. Cheguei a pegar em livros velhos, livros mortos, livros enterrados, a abri-los, a compará-los, catando o texto e o sentido, para achar a origem comum do oráculo pagão e do pensamento israelita. Catei os próprios vermes dos livros, para que me dissessem o que havia nos textos roídos por eles.
--Meu senhor, respondeu-me um longo verme gordo, nós não sabemos absolutamente nada dos textos que roemos, nem escolhermos o que roemos, nem amamos ou detestamos o que roemos; nós roemos.
Não lhe arranquei mais nada. Os outros todos, como se houvessem passado palavra, repetiam a mesma cantilena. Talvez esse discreto silêncio sobre os textos roídos fosse ainda um modo de roer o roído."

Justificativa: ecolhemos esse capitulo, pois vai alem da realidade humana e por que achamos interessante o modo em que as personagens vivem esse dilema.

"Memorias Postumas de Bras Cubas":

capitulo XX: Bacharelo-me

"Um grande futuro! Enquanto esta palavra me batia no ouvido, devolvia eu os olhos, ao longe, no horizonte misterioso e vago. Uma idéia expelia outra, a ambição desmontava Marcela. Grande futuro? Talvez naturalista, literato, arqueólogo, banqueiro, político, ou até bispo, — bispo que fosse, — uma vez que fosse um cargo, uma preeminência, uma grande reputação, uma posição superior. A ambição, dado que fosse águia, quebrou nessa ocasião o ovo, e desvendou a pupila fulva e penetrante. Adeus, amores! adeus, Marcela! dias de delírio, jóias sem preço, vida sem regímen, adeus! Cá me vou às fadigas e à glória; deixo-vos com as calcinhas da primeira idade.

E foi assim que desembarquei em Lisboa e segui para Coimbra. A Universidade esperava-me com as suas matérias árduas; estudei-as muito mediocremente, e nem por isso perdi o grau de bacharel; deram-mo com a solenidade do estilo, após os anos da lei; uma bela festa que me encheu de orgulho e de saudades, — principalmente de saudades. Tinha eu conquistado em Coimbra uma grande nomeada de folião; era um acadêmico estróina, superficial, tumultuário e petulante, dado às aventuras, fazendo romantismo prático e liberalismo teórico, vivendo na pura fé dos olhos pretos e das constituições escritas. No dia em que a Universidade me atestou, em pergaminho, uma ciência que eu estava longe de trazer arraigada no cérebro, confesso que me achei de algum modo logrado, ainda que orgulhoso. Explico-me: o diploma era uma carta de alforria; se me dava a liberdade, dava-me a responsabilidade. Guardei-o, deixei as margens do Mondego, e vim por ali fora assaz desconsolado, mas sentindo já uns ímpetos, uma curiosidade, um desejo de acotovelar os outros, de influir, de gozar, de viver, — de prolongar a Universidade pela vida adiante..."

Justificativa: escolhemos esse capitulo, pois demostra o que ha hoje em dia, deixamos nosso lado emocional e partimos para o lado profissional, sem que pudessemos parar para nós proprios nos ouvir.

lg disse...

Tales Wiliam n°39
Marcos Paulo n°22
2°EMC

Aqui está a nova versão sobre "o Velho dialogo de Adão e Eva":

"Brás Cubas: Virgília?
Virgília: Diga!
Brás Cubas: Mesmo estando aqui...
Virgília: sim prossiga!
Brás Cubas: Me amas em verdade?
Virgília: Se não amasse porque estaria aqui? Ainda consistes alguma duvida?
Brás Cubas: Por minha parte nenhuma.
Virgília: Por que duvidas de mim?Brás Cubas: Não duvido apenas questiono.O que seria eu sem seu amor?
Virgília: Nunca foste amado por outro alguem?
Brás Cubas: . . . . . . . !
Virgília: . . . . . . . ! "

Marieli 2° EMB disse...

Marieli de Paula Nascimento nº 22 – Isabela de Paula Nascimento nº43 2ºEMB

Escolher um capítulo do livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas” e outro do “Dom Casmurro” e justificar a escolha.
“CLX- Das Negativas” ultimo capítulo do livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, como desfecho leva o leitor a refletir sobre as ações humanas. Este capítulo narra que Brás Cubas que sempre tivera tudo na vida sem fazer o mínimo esforço, morreu sem alcançar a celebridade do emplasto; não teve filhos, não transmitiu a ninguém o legado da miséria... Foi apenas mais um que simplesmente passou pela vida. E o que mais nos chamou a atenção e o que nos fez escolher esse capítulo foi que na maioria das vezes fazemos de tudo para alcançarmos o sucesso e nossos objetivos; agindo de má fé, “pisamos” em cima do outro pensando somente em nós mesmos e no fim da vida, voltamos ao pó sem deixar nada de aproveitamento para os que ficaram na Terra e somos simplesmente esquecidos...Conclusão: de nada valeu nossa existência no mundo.

Marieli 2° EMB disse...

"Memórias Postumas de Brás Cubas" capítulo LV- "O velho diálogo de Adçao e Eva"

Brás Cubas Virgilia?

Virgília sim..

Brás Cubas: Vamos enfrentar tudo, e viver juntos?

Virgília Impossível, eu sou casada

Brás Cubas mas eu sei que tu me ama... não ama?

Virgília Você já pensou nas conseqüências? E além disso, Lobo Neves não nos deixaria em paz!

Brás Cubas Enfrento tudo e todos por Ti.

Virgília Mas...

Brás Cubas Tens realmente certeza do que sente por mim? Sou capaz de tudo para te-la comigo para sempre, nem que para isso eu arrisque minha própria vida

Virgília Nunca divude do meu amor, ele é seu por inteiro!

Brás Cubas Nos amamos e isso basta!

Virgília nos entreguemos então a esse amor!

Marieli de Paula Nascimento nº 22
Isabela de Paula Nascimento nº 43 2ºEMB

Marieli 2° EMB disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
matthw disse...

Memórias Póstumas de Brás Cubas
Capítulo XIV-O Primeiro Beijo
Nós escolhemos esse capítulo,por demonstrar a Emoção de menino de dezessete anos a está prestes a dar o Primeiro Beijo.O que por sinal faz rapidamente e não fica para ver qual seria a reaçao causada pelo tal.
Sendo assim o capítulo tem uma verdadeira explosão de sentimentos,envolvendo nervosismo,entusiasmo,expectativas,o que torna o capítulo engraçado de certo modo,e que nos tocou muito.
Francielle nº 04
Mateus De Paula nº24
2ºC
Dom Casmurro
XXXII-Olhos de Ressaca
Escolhemos esse capítulo pois mostra com detalhes os olhos de Capitu,que são como de uma cigana,dissimulados.
Capitu com seu olhar demonstava e consiguia disfarçar muito bem,ela conseguia sair d apertos e encrencas.Esse realmente foi oque nos chamou a atenção.
Francielle nº 04
Mateus De Paula nº24
2ºC

Roger disse...

Roger melo Barbosa n° 37 2º emc
Esse é o velho dialogo de “adão e Eva”, capitulo lv

Brás cubas: preciso te revelar uma coisa. Posso falar?
Virgília: sim pode falar sou toda ouvidos.
Brás cubas: eu fico meio sem jeito de falar, mas, eu preciso falar, eu te amo e gostaria de compartilhar minha vida com você.
Virgília: mas comigo?Por quê?
Brás cubas: porque eu te amo e é só isso.
Virgília: eu vejo mesmo que você fica me observando e não posso afirmar que não te amo porque eu também sinto certo amor por você. E eu também tinha vergonha de te falar. E agora o que fazemos?
Brás cubas: vamos viver nosso amor juntos.
Virgília: espero fazer você feliz.
Brás cubas: claro que vai fazer você já me faz feliz só por estar respirando.

Capítulo de “dom casmurro”

Eu escolhi o capítulo xii ”NA VARANDA”, pois conta que Dom casmurro esta na varanda e começa a lembrar de Capitu e fica andando de um lado para o outro, onde é uma coisa bem similar a vida de hoje, pois os jovens começam a namorar cedo e em vários casos escondidos dos pais isso que é interessante, e o Dom casmurro fica recordando os bons momentos que teve com Capitu onde eles tiveram uma pequena briguinha de quem tinha o cabelo melhor. E ele cita repetidamente que ama Capitu e que a qualquer hora poderia ser pego de namoricos com Capitu.