sexta-feira, 25 de março de 2011

RECADO PARA AS 8ª SÉRIES - JORGE AMADO: OS MAIS AMADO DO BRASIL

Divulgação/ABL

Jorge Amado

10/8/1912, Itabuna (BA)
6/8/2001, Salvador (BA)
Jorge Amado nasceu na fazenda Auricídia, em Ferradas, município de Itabuna. Filho do "coronel" João Amado de Faria e de Eulália Leal Amado, foi para Ilhéus com apenas um ano e lá passou a infância e descobriu as letras. A adolescência ele viveria em Salvador, no contato com aquela vida popular que marcaria sua obra.

Aos 14 anos, começou a participar da vida literária de Salvador, sendo um dos fundadores da Academia dos Rebeldes, grupo de jovens que (juntamente com os do Arco & Flecha e do Samba) desempenhou importante papel na renovação das letras baianas. Entre 1927 e 1929, foi repórter no "Diário da Bahia", época em que também escreveu na revista literária "A Luva".

Estreou na literatura em 1930, com a publicação (por uma editora carioca) da novela "Lenita", escrita em colaboração com Dias da Costa e Édison Carneiro. Seus primeiros romances foram "O País do Carnaval" (1931), "Cacau" (1933) e "Suor" (1934).

Jorge Amado bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais na Faculdade de Direito no Rio de Janeiro (1935), mas nunca exerceria a profissão de advogado. Em 1939, foi redator-chefe da revista "Dom Casmurro". De 1935 a 1944, escreveu os romances "Jubiabá", "Mar Morto", "Capitães de Areia", "Terras do Sem-Fim" e "São Jorge dos Ilhéus".

Em parte devido ao exílio no regime getulista, Jorge Amado viajou pelo mundo e viveu na Argentina e no Uruguai (1941-2) e, depois, em Paris (1948-50) e em Praga (1951-2).

Voltando para o Brasil durante o segundo conflito mundial, redigiu a seção "Hora da Guerra" no jornal "O Imparcial" (1943-4). Mudando-se para São Paulo, dirigiu o diário Hoje (1945). Anos depois, no Rio, participaria da direção do semanário "Para Todos" (1956-8).

Em 1945, foi eleito deputado federal por São Paulo, tendo participado da Assembléia Constituinte de 1946 (pelo Partido Comunista Brasileiro) e da primeira Câmara Federal posterior ao Estado Novo. Nessa condição, foi responsável por várias leis que beneficiaram a cultura. De 1946 a 1958, escreveria "Seara Vermelha", "Os Subterrâneos da Liberdade" e "Gabriela, Cravo e Canela".

Em abril de 1961, foi eleito para a cadeira número 23 da Academia Brasileira de Letras (sucedendo a Otávio Mangabeira). Na década de 1960, lançou os romances "A Morte e a Morte de Quincas Berro d'Água", "Os Velhos Marinheiros, ou o Capitão de Longo Curso", "Os Pastores da Noite", "Dona Flor e Seus Dois Maridos" e "Tenda dos milagres". Nos anos 1970, viriam "Teresa Batista Cansada de Guerra", "Tieta do Agreste" e "Farda, Fardão, Camisola de Dormir".

Suas obras foram traduzidas para 48 idiomas. Muitas se viram adaptados para o cinema, o teatro, o rádio, a televisão e até as histórias em quadrinhos, não só no Brasil, mas também em Portugal, França, Argentina, Suécia, Alemanha, Polônia, Tchecoslováquia (atual República Tcheca), Itália e EUA. Seus últimos livros foram "Tocaia Grande" (1984), "O Sumiço da Santa" (1988) e "A Descoberta da América pelos Turcos" (1994).

Além de romances, escreveu contos, poesias, biografias, peças, histórias infantis e guias de viagem. Sua esposa, Zélia Gattai, é autora de "Anarquistas, Graças a Deus" (1979), "Um Chapéu Para Viagem" (1982), "Senhora Dona do Baile" (1984), "Jardim de Inverno" (1988), "Pipistrelo das Mil Cores" (1989) e "O Segredo da Rua 18" (1991). O casal teve dois filhos: João Jorge, sociólogo e autor de peças infantis; e Paloma, psicóloga.

Jorge Amado morreu perto de completar 89 anos, em Salvador. A seu pedido, foi cremado, e as cinzas, colocadas ao pé de uma árvore (uma mangueira) em sua casa. (http://educacao.uol.com.br/biografias/ult1789u310.jhtm ).

MAIS UM POUCO DE JORGE AMADO...

 ACREDITO QUE JÁ ESTÃO LENDO "CAPITÃES DA AREIA, DE JORGE AMADO. OLHE QUE DICA...







23 comentários:

alexandre disse...

professora cade os exercicios que a senhora falou para a sala Jonh Dalton sobre conjunção. Parabens o blog esta demais tem muitas fotos, videos e jogos legais de mais.

Alexandre Nº01 8° Jonh Dalton

GH13 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Comentando o Comentar disse...

Passando pelo blog... Paulo Henrique 8° Linus Pauling

Yohana_SM disse...

Passei por aqui ^^

Yohana SM - 8° Mendeleev

Franciely disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Franciely disse...

professora ,apesar de eu não gostar deste gênero literário, eu achei bem interesante

Franciely 8ºlavoisier

Gabriel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabriel disse...

Professora só para completar o que eu disse na aula não achei no blog





Gabriel Pereira 8ª John Danton

guuhkennedy disse...

Professora,gostei bastante do livro,não gosto muito do gênero,mais me interessei bastante,tanto que estou lendo pela 2ºvez :).

Gustavo C. de Almeida 8º J.Dalton

Leticia restart disse...

Professora já li esse romance e gostei, mais irei dar uma retomada.

Karine 8°John Dalton

Mozart disse...

oi, prof o terceiro video esta com problema

brenol disse...

Professora,
Estou lendo o livro Capitães da Areia, gostei bastante mesmo, parece que a história te prende ao livro, muito bom mesmo.

Breno de Luca
8ª John Dalton (8ªA)

Julia Cortez disse...

não achei os exercios mas os videos eo livro sao legais
julia cortez 8 jonh dalton

GH13 disse...

Terça-feira, 5 de abril de 2011

Professora, adimro muito as obras de Jorge Amado. Não me lembro muito de quais obras eu já li, mas Capitães da Areia é um exemplo das boas histórias do Jorge.

Guilherme Catelani Lírios - nº15
8ªA/8ªJohn Dalton.

Marquiinho' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marquiinho' disse...

Olá professora, embora eu não gostar muito deste gênero literário , eu achei o livro muito interessante, e muito bom em qualidade.

Marcos Vinicius Nº23
8ª Lavoisier

Luuís Oliveira disse...

Professora,não gosto muito desse gênero literário mas eu li o livro e gostei;D

Luis Fernando Torres nº18 8ª Lavoisier

bianca disse...

no ano passado ja havia lido Capitães da Areia,mas terei que ler de novo assim que terminar de ler O Coruja.
]Bianca Valéria nº04
8ªlinus pauling

Rafaela disse...

óla professora Piedade,gostei muito de saber o q é realmente literatura .Assim como a música, a pintura e a dança, a Literatura é considerada uma arte. Através dela temos contato com um conjunto de experiências vividas pelo homem sem que seja preciso vivê-las. É O que a senhora sitou na aula hoje a Literatura é a vida...obrigada bjss
2anoc Rafaela Cortes

Veja esta piada disse...

Professora , até que gosto do gênero literário de Jorge Amado e este ano já li três livros dele : Capitães da Areia ; A Bola e o Goleiro ; O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá . Gostei bastante dos livros escritos por ele e pretendo ler mais livros dele durante este ano .
Abraços *_*

João Pedro - Nº19 - 8ª John Dalton

rafaelinha oliver ^ ^ disse...

nunca tinha lido uma obra de Jorge Amado mais ja ouvi falar e ja vi partes de alguns capitulos de suas obras que viraram telenovela.Gostei de Capitães de areia e queria propor uma coisa bem legal...
No mês de agosto ocorrera a estreia de Capitães de Areia nos cinemas Cinemark , poderíamos fazer um tipo de excursão o que você acha?
Rafaela O. 8ªA John Dalton nº35

Thayna*-* disse...

Oi Professora !
To gostando muito do livro ''Capitães da Areia'' é muito interessante, fala sobre um assunto que é atual que são crianças que vivem na rua.

Thayna Cristina 8ªJohn Dalton

Skate disse...

Eae professora nossa como Jorge amado viveu heim e pelo jeito foi um grande escritor gostei muito das postagens sobre ele e gostaria qe me indicasse alguns bons livros para leitura professora. Att esperando uma resposta..
Gabriel Andrade Cãmara n°11 8ª Jonh Dalton